Entenda como funciona a extensão de visto nos Estados Unidos

O sonho de imigrar já passou pela cabeça de quase todos os brasileiros, independentemente da idade ou das condições sociais.

O desejo de estar nos EUA é algo antigo para os brasileiros. Morar em um país que representa mais oportunidades e uma qualidade de vida superior é o desejo de todos. Entretanto, antes de mudar de país, é preciso estudar todas as possibilidades e encontrar aquela que combina com o seu perfil e com o que você almeja para o futuro. Afinal, todas as ações devem ser pensadas para garantir uma boa viagem e até mesmo a melhor adaptação em outro país, não é mesmo?

Quer saber mais sobre os processos dos vistos? Então entenda como funciona a extensão de visto nos Estados Unidos!

O sonho brasileiro

Não é de hoje que muitos brasileiros imaginam como seria uma vida nos Estado Unidos. Seja pelo que vemos pelos filmes ou até mesmo pelo depoimento de outros que se deram bem no país, esse é um desejo que acompanha muitas pessoas. Existem ainda aqueles que nunca visitaram o país, mas conseguem imaginar como seria a vida lá.

É claro que esse sonho é possível e pode ser realizado por muitos. Entretanto, é fundamental que exista o planejamento ideal para assegurar que tudo sairá como o esperado. Para você ter uma ideia, de acordo com os últimos dados divulgados pelo Itamaraty, mais de 1,4 milhões de brasileiros vivem nos EUA, a grande maioria distribuídos pela Flórida.

Essa escolha pelo local está muito ligada ao fato de que os brasileiros conseguem se sentir em casa estando na Flórida. O clima, a presença da praia e o fato de existir uma comunidade de brasileiros por lá são alguns dos fatores que podem influenciar nessa decisão. Mas atenção: o local deve ser escolhido com cuidado, pensando em todas as opções e levando em consideração o que você deseja fazer no país e o que você planeja para o seu futuro.

Formas de migrar para os EUA

Existem algumas formas de migrar para os Estados, seja com um visto de permanência ou até mesmo o de viagem. É claro que cada um desses vistos têm um tempo determinado para uso, de acordo com o que você foi fazer no país.

Para as pessoas que estão em busca de aulas ou cursos de inglês, um visto terá um tempo menor do que os brasileiros que investem no país e recebem o famoso Green Card. É exatamente essa modalidade que está crescendo nos últimos anos: de acordo com dados do Serviço de Cidadania e Imigração dos EUA (USCIS), em 2018 foram emitidos 388 vistos EB-5 aos brasileiros.

Esse número foi superior ao registrado em 2017 e comprova uma tendência dos brasileiros em investirem em outros países. É importante lembrar que, nesses casos, além do investidor, o cônjuge e os filhos até 21 anos também podem permanecer no país.

Quer ler mais sobre isso? Então acesso o nosso material completo e saiba como abrir seu negócio nos EUA.

O visto EB-5 só é ofertado para as pessoas que investem no país. É por meio dele que essas famílias recebem o Green Card. Entretanto, aqueles que ainda não conseguiram o visto permanente para morar nos Estado Unidos precisam ficar atentos à extensão do visto.

Quer saber mais? Vamos falar disso no próximo parágrafo.

Entenda como funciona a extensão de visto nos Estados Unidos

Nos casos em que você já está nos Estados Unidos, mas por algum motivo pessoal ou profissional precisar ficar mais tempo no país, é possível solicitar a extensão do visto. Essa opção é muito utilizada quando as pessoas vão para estudar e precisam de mais tempo ou até mesmo quando a viagem foi motivada por fatores profissionais. Para que seja concedida a extensão do visto, é fundamental cumprir algumas obrigatoriedades. Vamos conferir?

Já começamos o passo a passo com uma notícia boa! Até 2019, para solicitar a extensão, era preciso juntar todos os documentos e enviar ao Governo americano por um endereço de postagem. Claro que muitas pessoas acabavam esquecendo alguns documentos ou até mesmo perdendo a data para realizar esse processo. Então, pensando em simplificar essa comunicação, agora é possível enviar todos os documentos de forma on-line, por meio de um formulário. Todo o processo é realizado pelo Serviço de Cidadania e Imigração dos EUA (USCIS).

O formulário que deve ser preenchido é o I-539. É imprescindível que você anexe todos os documentos solicitados. Ao final do processo será preciso pagar uma taxa. Você receberá a resposta por meio de uma carta que pode demorar até dois meses para chegar na sua residência ou no local em que você está morando temporariamente.

Essa opção de mudança é válida para todos que tenham um visto de não-imigrante e que ainda esteja no tempo permitido para estar no país. Por isso, é importante que você planeje para enviar os documentos e o pedido antes que o seu visto atual perca a validade. Essa é a forma mais segura de garantir a sua permanência enquanto você espera o retorno do governo americano.

É possível solicitar a extensão do visto depois que a minha data limite de permanência já venceu?

Possível até é, entretanto, você precisará explicar o motivo de não ter solicitado essa extensão antes. É claro que esse equívoco também complicará a sua permanência no país, mas não deixe de solicitar. Estar em dia com as leis norte-americanas, não ter infringido nenhuma regra e nem cometido nenhum crime são alguns dos aspectos analisados para verificar se você pode ou não permanecer no país.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *