Se o filho nasce nos EUA, os pais ganham Green Card?

Viver nos Estados Unidos é um desejo de muitas pessoas, mas que acaba esbarrando em questões legais, como o visto de permanência no país. Por isso, muitos imigrantes buscam uma forma de conquistar o Green Card, que é concedido a estrangeiros em alguns tipos de situações. Hoje vamos falar, especificamente, sobre uma pergunta que muitos nos fazem: se o filho nasce nos EUA, os pais ganham Green Card?

Em linhas gerais, a resposta é sim, os pais de filhos nascidos nos EUA ganham Green Card. Porém, isso não é algo que acontece de forma automática logo após o nascimento da criança. Vamos entender os detalhes?

Se o filho nasce nos EUA, como os pais ganham o Green Card?

Para quem já viajou para os Estados Unidos ou conhece minimamente a cultura norte-americana, o desejo de viver no país, considerado de primeiro mundo, é grande. Isso porque estamos falando de um local de muitas oportunidades, além de ser uma cultura que prega a liberdade e possui uma economia muito bem estruturada, capaz de proporcionar qualidade de vida aos seus cidadãos.

Assim, viver o chamado “sonho americano”, ou “american dream”, leva muitas pessoas a imigrarem de forma ilegal. Ou seja, chegam aos Estados Unidos como turistas e acabam permanecendo mais do que o tempo permitido pelo seu visto, podendo ter sérias implicações com a justiça local e serem considerados imigrantes ilegais, tendo uma vida limitada.

Por isso, muitas pessoas buscam adquirir o Green Card, que nada mais é do que um documento de imigração permanente. Com o Green Card, o imigrante fica legalizado no país e tem os mesmos direitos do cidadão americano nativo.

Existem algumas formas de se conquistar o Green Gard, mas não é tão simples quanto parece. Uma delas é pelo grau de parentesco com um cidadão americano – como filhos, pais e cônjuges. Daí, muitos casais começam a se questionar: se meu filho nascer nos Estados Unidos terei direito ao Green Card?

A resposta é sim, mas saiba como funciona:

Toda pessoa que nasce nos Estados Unidos automaticamente tem cidadania americana. O mesmo acontece, por exemplo, no Brasil e em alguns outros poucos países. No entanto, isso não garante que seus pais automaticamente também conquistem o Green Card. Apesar disso, a pessoa nascida em território americano pode, sim, garantir o direito aos seus pais de permanecerem no país de forma legal.

Ao completar 21 anos, que é considerada a maioridade nos Estados Unidos, o cidadão americano filho de imigrante pode dar entrada no pedido oficial de Green Card para seus pais. Como, neste caso, o grau de parentesco é direto, de primeiro grau, todo o processo para a aquisição do Green Card por parte dos pais imigrantes com filhos nascidos no EUA tende a ser rápido.

Como solicitar Green Card se o filhos nasce no EUA?

Se um casal brasileiro teve um filho nos EUA, mas por algum motivo precisou voltar ao Brasil, saiba que é possível dar entrada no documento Green Card mesmo à distância.

Neste caso, a primeira etapa para dar entrada no Green Card é iniciar o processo na Petição, junto ao USCIS (Serviço de Cidadania e Imigração dos Estados Unidos). Em seguida, o processo é enviado ao Nacional Visa Center e, logo depois, segue para o consulado brasileiro, que se encarregará da emissão do documento nos Estados Unidos.

Caso os pais morem nos Estados Unidos, o processo para dar entrada no Green Card é um pouco diferente. Em primeiro lugar, o solicitante do visto deverá preencher um formulário chamado I-130. Trata-se da solicitação do documento para parentes estrangeiros do cidadão americano. Além disso, deverá preencher o formulário 1-485, que nada mais é do que a solicitação de residência fixa nos Estados Unidos. Ambos os formulários, depois de preenchidos, deverão ser encaminhados ao USCIS, que providenciará o Green Card.

Importante reforçar que se o filho nasce nos EUA, os pais ganham o Green Card, mas apenas quando o cidadão completa 21 anos. Isso porque o filho participa de todo o processo de solicitação do visto, que só pode acontecer após sua maioridade legal – 21 anos, nos Estados Unidos.

Por que ter o Green Card é tão importante para imigrantes?

A imigração ilegal, além de ser uma infração, leva o imigrante a viver de forma isolada e, quase sempre, com medo. Afinal, se for pego vivendo de forma irregular nos Estados Unidos, uma pessoa pode ser deportada e perder tudo que conquistou ao longo dos anos no país.

Além disso, ao possuir o Green Card, a pessoa passa a ter acesso a todos os direitos do cidadão americano, como a liberdade de ir e vir sem estar em desacordo com a Lei, de viajar livremente, de aproveitar tudo o que o país tem a oferecer de maneira completa, de comprar um imóvel, um veículo, de empreender, entre outras atividades.

A pessoa com Green Card pode, ainda, ter acesso à educação de qualidade, à vagas formais de emprego em diversas indústrias, sendo amparada pela Lei americana em tudo o que diz respeito às normas trabalhistas do país. Além disso, pode ter acesso a benefícios e auxílios oferecidos pelo governo em casos de catástrofes ou crises sanitárias, como por exemplo a que vivemos com a pandemia de coronavírus.

Com anos de experiência no segmento de imigração, já ouvimos falar e fomos testemunhas de muitos casos bem-sucedidos de pessoas que conquistaram o Green Card – infelizmente, também já soubemos de histórias malsucedidas de imigrantes ilegais. Desta forma, temos condições de auxiliar os imigrantes a estudar a melhor forma de iniciar o processo para solicitar o Green Card, inclusive em casos como o que acabamos de descrever, de pais que tiveram filho nos EUA podem ter Green Card.

Alcançar o sonho americano não é algo simples e rápido, que acontece da noite para o dia. Pelo contrário, conquistar um Green Card ou outro tipo de visto, como de trabalho ou estudante, requer tempo e planejamento. Conte com a gente para ajudar nesse processo de maneira assertiva, alinhada aos seus objetivos e dentro da Lei.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *