Dicas preciosas pra quem pretende se mudar para os EUA

Em geral, o sonho para muita gente é conseguir uma oportunidade de moradia no exterior, especialmente nos Estados Unidos. Isso porque trata-se de um país de primeiro mundo, onde as oportunidades de trabalho, a cultura, experiência e crescimento pessoal são ainda mais ampliados, visando as incríveis oportunidades que o país oferece.

Contudo, para que esse sonho se torne realidade, é necessário planejar desde o início, avaliando o lado financeiro, o preparo profissional e pessoal e até mesmo o próprio inglês. Quer saber mais sobre o assunto? Então, confira o nosso post até o final e veja 5 dicas importantes para quem planeja mudar-se para os EUA.

1. Escolha o visto que melhor se encaixe à sua necessidade

Antes de tudo, o primeiro passo é saber os tipos de vistos disponíveis atualmente. Por exemplo, se o caso de ir morar nos EUA seja para realizar seus estudos, então busque mais informações sobre o visto para estudante (F1). Se quiser fazer um intercâmbio por um longo período, opte pelo visto J-1.

Agora, caso você já tenha uma profissão e deseja exercê-la nos EUA, pode ser interessante saber um pouco mais sobre o visto H1-B, como também os imigratórios (EB1, EB2 e EB3);

2. Pesquise sobre a sua área de atuação nos EUA

Uma excelente dica para morar nos Estados Unidos de uma forma ainda mais estável, busque entender como funciona o seu campo de atuação no exterior. Note se você ainda precisará de alguma especialização, como cursos extras, um inglês mais técnico e direcionado ao seu nicho, uma licença, e entre outros itens relacionados.

3. Pesquise sobre as melhores cidades para viver nos EUA

Um outro passo muito importante para consolidar sua moradia no exterior é uma pesquisa bem definida sobre as melhores cidades para morar, sempre avaliando o custo de vida, a empregabilidade, a inflação etc.

Mesmo que sua intenção seja morar em Miami, Nova York ou Los Angeles (que oferecem um custo de vida mais alto), também avalie cidades e condados vizinhos, a fim de conseguir preços mais acessíveis para o seu bolso.

4. Planeje o seu financeiro

De nada adianta priorizar todos os itens citados acima se você não sabe como anda o seu financeiro. Por esse motivo, faça um checklist em relação à saúde de suas finanças, bem como as dívidas que possui, o salário que ganha atualmente, a possibilidade de uma reserva de emergência, o quanto poderá gastar com a mudança, e entre outros processos relacionados. Fazendo isso, você garante uma viagem muito mais tranquila e com o financeiro totalmente estruturado.

5. Aprimore o seu inglês

Mesmo que você obtenha uma fluência em inglês considerável, não custa nada continuar estudando um pouco, especialmente sobre termos e expressões que serão utilizados no seu dia a dia de trabalho.

O inglês “comum” que aprendemos em filmes e em cursos é retratado para contextos mais gerais do dia a dia. Contudo, o inglês técnico (que é aquele direcionado a uma determinada profissão) pode ser um pouco mais difícil e, logo, demandará mais tempo para estudos.

Agora que você sabe o passo a passo para conseguir uma mudança para os EUA de maneira eficiente, que tal conhecer os nossos serviços? Acesse agora mesmo o nosso site e saiba como podemos ajudá-lo nesse processo importante.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *