Visto F1 para estudar nos EUA: como solicitar

Visto F1 é alternativa para estudar nos EUA

Pensando em aplicar o visto F1?

Permissão de residência estudantil mais abrangente, ele serve para uma ampla variedade de instituições de ensino americanas.

Então, se está em seus planos aplicar para uma universidade nos Estados Unidos, fazer intercâmbio ou algum curso de pós-graduação, é dele que você vai precisar.

Leia os próximos tópicos e confira dicas para todas as etapas do processo!

O que é o visto F1?

O visto F1 é do tipo temporário, sendo utilizado para estudar nos Estados Unidos.

Com exceção dos canadenses, praticamente todos os estudantes que chegam aos EUA com fins acadêmicos precisam desse visto.

Cabe ressaltar que cursos livres gratuitos e que não emitam certificados ou diplomas não se enquadram para ele.

Além disso, o visto F1 é emitido sem limites, diferentemente de certos vistos para trabalho, emitidos em quantidades limitadas todo ano.

Saiba mais sobre ele no vídeo abaixo:

https://www.youtube.com/watch?v=2ecGG9XKUoA

Visto F1 pode trabalhar?

Sim, é possível trabalhar sendo portador de um visto F1.

No entanto, existem certas restrições quanto ao local e ao horário de trabalho.

Estudantes universitários, por exemplo, podem trabalhar por meio período no campus enquanto estiverem matriculados no curso, e em período integral durante as férias.

Como tirar o visto F1

A emissão de um visto de estudante é precedida de uma série de procedimentos e etapas.

Conheça as principais delas a seguir.

1. Ser aceito em uma instituição de ensino credenciada

O primeiro e indispensável passo para aplicar o visto F1 é conseguir uma vaga em uma instituição de ensino norte-americana.

Nesse caso, considere todos os custos envolvidos e o rigor dos processos seletivos para estrangeiros, principalmente nas instituições mais renomadas.

Para alguns cursos, como medicina, conseguir uma vaga é uma tarefa difícil (e bastante cara).

Então, vale fazer uma boa pesquisa para tomar a melhor decisão.

2. Preencher os formulários

Depois de conseguir a vaga e a carta de aceitação, é hora de partir para a burocracia.

Agora, a próxima etapa consiste em preencher e enviar os três formulários necessários para a sua admissão.

São eles:

  • I-20: serve para qualificar o futuro estudante para o visto F1 e para comprovar que tem fundos para se manter enquanto estuda.
  • DS-160: pedido de visto online para visitantes não imigrantes nos EUA.
  • I-901: formulário destinado ao Sistema de Informação de Estudante e Visitante de Intercâmbio (SEVIS)

3. Pagar a taxa SEVIS

Para os candidatos ao visto F1, a taxa para o SEVIS sai a US$ 350 (cerca de R$ 1.750).

Depois de ser paga, você receberá o respectivo número que o identifica nesse órgão de controle.

4. Agendar horários no consulado americano e no CASV

Cumpridas as formalidades e paga a taxa SEVIS, é hora de agendar a entrevista no consulado e no Centro de Atendimento aos Solicitantes de Visto (CASV).

5. Entregar a documentação no CASV

Depois da aprovação na entrevista, a documentação a ser entregue no CASV consiste em:

  • Carta de aceitação de uma instituição listada no SEVP
  • Pontuações dos testes GMAT, GRE, IELTS e TOEFL, entre outros
  • Transcrições originais de instituições educacionais anteriores
  • Diplomas exigidos conforme o curso
  • Comprovantes fiscais dos últimos três anos
  • Extratos bancários dos últimos três anos
  • Registros recentes de emprego
  • Prova de uma bolsa de estudos, se houver.

Quanto custa o visto F1?

Inicialmente, o visto F1 apresenta os seguintes custos:

  • Taxa MRV, para solicitação do Visto Americano: US$ 160
  • Taxa SEVIS: US$ 350
  • Custo com apostilamentos e autenticações: variável.

Cabe destacar que, se o estudante não tiver o pedido de visto aprovado, terá direito à devolução dos valores pagos.

Outra coisa a que você tem direito é de estar por dentro de todos os processos para obtenção de vistos e sobre o modo de vida americano.

Para isso, é só ler os conteúdos publicados no blog da Imigrefácil para ficar bem informado.

A gente ajuda você a ficar mais perto de realizar o sonho de viver nos Estados Unidos!