Quanto ganha um advogado nos EUA: valores e requisitos

Quanto ganha um advogado nos EUA: média salarial por estado

Se você é formado em Direito e pretende exercer a profissão no exterior, provavelmente já se perguntou quanto ganha um advogado nos EUA.

Preparamos este conteúdo especialmente para você.

Leia o texto até o final para conhecer a média salarial, os estados e as especialidades que pagam mais, e o que é preciso para atuar como advogado nos Estados Unidos.

Quanto ganha um advogado nos EUA?

A média salarial de um advogado nos Estados Unidos é de US$ 126,9 mil por ano, ou US$ 61,03 por hora.

Os dados são do levantamento mais recente da Bureau of Labor Statistics (BLS), a Secretaria de Estatísticas Trabalhistas dos Estados Unidos.

O BLS estima um crescimento de 4% em empregos para advogados até 2029, o equivalente a 32,3 mil novos empregos, chegando a 846,3 mil.

No nosso canal do YouTube você pode assistir ao vídeo sobre como conquistar um visto de trabalho sem sponsor:

https://www.youtube.com/watch?v=dK3KFY7L3v4

A seguir, veja quanto ganha um advogado nos EUA nos estados com maior número de empregos na profissão e com maior média salarial.

Salário de advogado por estado nos EUA

A média salarial de um advogado varia de acordo com o estado onde ele atua.

Na tabela abaixo mostramos quanto ganha um advogado nos EUA com base nos estados que têm o maior nível de emprego (sem contar autônomos):

EstadoEmpregoMédia salarial/horaMédia salarial/ano
Califórnia84.160US$ 86,28US$ 179,4 mil
Nova York76.660US$ 83,68US$ 174 mil
Flórida47.010US$ 66,91US$ 139,1 mil
Texas46.340US$ 68,62US$ 142,7 mil
Distrito de Columbia31.050US$ 94,76US$ 197,1 mil

O estado com maior número de empregos para advogados é a Califórnia, onde a média salarial anual é de US$ 179,4 mil.

Alguns desses estados também estão entre os que apresentam as maiores médias salariais anuais para advogados, lista em que aparecem também Massachusetts e Connecticut – confira na tabela abaixo:

EstadoEmpregoMédia salarial/horaMédia salarial/ano
Massachusetts18.880US$ 81,31US$ 169,1 mil
Connecticut7.710US$ 76,05US$ 158,1 mil

Veja este vídeo sobre oferta de trabalho nos Estados Unidos no nosso canal do YouTube:

A seguir, veja quanto ganha um advogado nos EUA de acordo com algumas especialidades e setores.

Quanto ganha um advogado por especialidade nos EUA?

Outros fatores que determinam a média salarial de um advogado, além do estado, são a especialidade e o setor em que atua.

Conheça os cinco setores com maior média salarial para advogados na tabela abaixo:

SetorMédia salarial por horaMédia salarial anual
Serviços EspecializadosUS$ 112,21US$ 233,4 mil
Fabricação de computadores e equipamentos periféricosUS$ 106,25US$ 221 mil
Cinema e vídeoUS$ 104,98US$ 218,3 mil
TV a cabo e programações por assinaturaUS$ 104,26US$ 216,8 mil
Fabricação de instrumentos de navegação, medição, eletromedicina e controleUS$ 100,22US$ 208,4 mil

Em Serviços Especializados estão empresas de design (interiores, industrial, gráfico, de roupas e jóias), operações comerciais e financeiras, educação e treinamentos, esportes, mídia, vendas e transporte, entre mais de 250 tipos.

Agora veja a média anual para algumas especialidades, segundo o site PayScale:

  • Advogado Trabalhista: US$ 144 mil
  • Advogado Imobiliário: US$ 118 mil
  • Advogado de Propriedade Intelectual: US$ 90 mil
  • Advogado Criminal: US$ 81 mil
  • Advogado de Família: US$ 69,5 mil
  • Advogado de Imigração: US$ 69,4 mil.

Veja no nosso canal do YouTube um vídeo sobre direitos trabalhistas nos EUA:

É claro que experiência e formação também influenciam.

Agora que você já sabe quanto ganha um advogado nos EUA por estado e por especialidade, veja como exercer a profissão por lá.

Como ser advogado nos EUA

Não basta ser formado em Direito e ser aprovado no Exame da Ordem do Brasil (OAB) para atuar como advogado nos EUA, afinal, cada país tem sua constituição e suas leis.

Assim, advogados estrangeiros devem atender requisitos de acordo com o estado em que pretendem atuar.

Isso porque, nos Estados Unidos, a legislação tem âmbito estadual.

Todos os estados exigem aprovação no American Bar Association (ABA), similar ao exame da OAB, no estado onde você pretende atuar.

E isso vale tanto para advogados formados no exterior quanto para os profissionais que fizeram sua graduação nos Estados Unidos.

Na maioria das jurisdições, a ABA deve revisar e aprovar o diploma de Direito de outro país, o que pode levar um ano ou mais.

Existem ainda outros requisitos, como:

  • Nova York: aprovação na OAB e realização de mestrado nos EUA (Master of Laws – LLM), antes do ABA
  • Califórnia: aprovação na OAB permite prestar o ABA sem necessidade do mestrado LLM
  • Vermont: reconhece com regularidade diplomas estrangeiros e oferece um programa para advogados estrangeiros se prepararem para o ABA
  • Geórgia: o diploma estrangeiro deve ser de uma universidade sancionada e reconhecida pelo governo do Brasil, além de aprovação na OAB
  • Washington: a universidade do LLM deve ser aprovada pelo Conselho de Governadores.

Outros requisitos em certos estados são a prática da lei em uma jurisdição estrangeira, educação adicional aprovada pela ABA, e educação jurídica com base em precedentes da lei americana.

Saiba que o Direito é uma das áreas do conhecimento que facilitam a emissão de visto EB-2, voltada para profissionais qualificados e que pode levar ao Green Card.

Saiba mais sobre o visto EB-2 no nosso canal do YouTube, acesse:

E acompanhe os conteúdos da Imigrefácil para ficar por dentro de imigração, vistos, como morar, estudar e trabalhar nos Estados Unidos.

Para ter mais informações sobre imigração, conhecer nosso programa de MENTORIA ou registrar sua demanda por serviços de nossa equipe, entre em contato!
Será um prazer falar com você e apoiá-lo em seu projeto de imigração.