MEDICINA nos EUA: como imigrar e trabalhar na sua área nos EUA

A decisão de imigrar para outro país é sempre cercada de dúvidas e questionamentos, e esse processo pode ser ainda mais delicado quando você deseja seguir uma profissão. Por isso, acompanhe medicina nos EUA: como imigrar e trabalhar na sua área nos EUA.

A medicina é sempre uma das carreiras mais desejadas, seja pelo desejo de salvar vidas ou pela estabilidade que é possível conquistar por meio da profissão. Independente do motivo, esse é sempre um dos cursos que despertam a atenção dos jovens, antes mesmo da escolha da faculdade. Cercada de desafios e com muita adrenalina, os diversos segmentos da profissão despertam a atenção de quem já conta com médicos na família e até mesmo daqueles que veem a profissão em filmes, por exemplo, e ficam apaixonados.

Agora, como será que é a medicina nos EUA? Como imigrar e trabalhar na sua área nos EUA? Quais serão as especialidades mais procuradas e o que fazer para conseguir um emprego?

Está curioso? Então confira o nosso conteúdo até o final e veja todas as informações!

Saúde nos Estados Unidos

Antes mesmo de mencionar quais são as especialidades mais buscadas ou explicar como um diploma pode te auxiliar a imigrar para outro país, é fundamental que você tenha um panorama sobre a saúde nos EUA.

Diferentemente do Brasil, o sistema de saúde por lá é focado no atendimento particular, ou seja, cada cidadão precisa se preocupar com o valor que será gasto em cada atendimento ou consulta. É claro que existem diversas opções disponíveis de planos e de coberturas, mas a maioria delas é paga. Esse pode ser um fator que acaba afastando muitas pessoas do cuidado com a saúde, mas também pode ser enxergado como uma forma de valorização dos profissionais da saúde e das instituições que cuidam.

O governo só interfere nos casos em que o indivíduo é incapaz de arcar com os custos e, ainda assim, é realizada uma verificação para ver se determinada pessoa tem direito ou não. Portanto, se você pensa em imigrar para os EUA para trabalhar com medicina na área da saúde, uma das alternativas pode ser procurar por instituições particulares para atuar.

Número de médicos nos EUA

Assim como a outra questão, essa pergunta pode ser interessante para diversos brasileiros que estão pensando em mudar de país. Isso porque chegar a um local que oferece oportunidades para a sua profissão pode ser a melhor notícia do mundo para diversas pessoas.

É claro que a procura por médicos e diversos profissionais da área da saúde se intensificou nos últimos anos por conta da pandemia causada pela Covid-19. Com os hospitais lotados e a procura por atendimento, diversos hospitais tiveram que contratar profissionais em tempos recordes. Entretanto, tirando essa exceção, a profissão também é muito procurada nos Estados Unidos, seja para atender em hospitais ou clínicas.

De acordo com dados divulgados pela CIA World Factbook, a média de médicos nos EUA, contando com os gerais e os especialistas, é de 2,59 a cada 1.000 habitantes. Esse é um número bom e mostra como as pessoas estão empenhadas em cuidar da saúde por lá.

Medicina nos EUA: como imigrar e trabalhar na sua área nos EUA?

Então, agora que você compreendeu um pouco mais sobre a saúde americana e a quantidade de profissionais que atuam no país, chegou o momento de saber mais sobre medicina nos EUA.

Já sabemos que o processo de imigração é feito por meio de diversas etapas, que incluem comprovações e perguntas do governo americano. É claro que as exigências do processo serão feitas de acordo com a modalidade escolhida por você, ou seja, conforme você deseja entrar no país. Uma das opções disponíveis para imigrar é ser convidado para trabalhar em alguma instituição de saúde. Neste caso, é fundamental que você já tenha um inglês excelente, seja na escrita ou na fala.

Quando uma empresa te convida para trabalhar no país, você e a sua família podem receber um visto para permanecer no país a trabalho. O tempo de permanência e as atividades que cada um da família poderá desempenhar dependem da liberação do governo americano. Essas informações poderão ser verificadas no próprio site do governo dos EUA ou até mesmo com a administração do local que está contratando seus serviços. É válido lembrar que na maioria dos casos a permanência só está disponível para o cônjuge e os filhos.

Outra forma de imigrar para os Estados Unidos é investindo no país, ou seja, abrindo algo que seja seu em solo americano. Essa opção está sendo uma das mais utilizadas pelos brasileiros nos últimos anos, isso porque com essa opção é possível passar muitos anos no país.

Ao optar por essa forma, você poderá abrir algo que seja na área da saúde, como uma clínica com diversos serviços. Assim como qualquer negócio novo, é imprescindível que você tente fazer uma análise de mercado para compreender qual serviço você pode oferecer. Também é importante buscar orientações do governo americano sobre o passo a passo do procedimento e como cada etapa deve ser feita.

Essa ideia surge após alguns brasileiros visitarem o local e decidirem que esse é o país que desejam morar. Após retornar ao Brasil, todos os pensamentos acabam sendo sobre como voltar aos EUA, atuando com a profissão e morando em um novo local com a família. Portanto, se você puder, uma ótima opção é viajar primeiro para os EUA com o objetivo de conhecer o local e pensar como o seu serviço poderia fazer a diferença ali. Esse momento também pode ser utilizado como teste para você e sua família compreenderem se desejam ou não morar lá, afinal, mudar de país é sempre uma decisão delicada.

Gostou de conferir “Medicina nos EUA: como imigrar e trabalhar na sua área nos EUA?” Para ter acesso a mais conteúdos como esse, é só ficar de olho nas novidades do blog. Até a próxima!